Dúvidas Frequentes / Gerais | Prefeitura de Engenheiro Beltrão

Dúvidas Frequentes / Gerais

Postado dia 01/04/2021

A página da Prefeitura Municipal de Engenheiro Beltrão tem como objetivo informar e orientar sua população e todo cidadão sobre as medidas adotadas pelo Município durante a pandemia, em especial sobre a vacinação.

O conteúdo estará em constante atualização e, caso você não tenha encontrado a informação que precisa, procure nossos canais de atendimento.


PERGUNTAS FREQUENTES E DÚVIDAS GERAIS

 

1 – Qual é o calendário para vacinar toda a população de Engenheiro Beltrão?

Não há como a Secretaria Municipal de Saúde instituir um calendário, porque a aquisição e o envio das doses de vacinas são de responsabilidade do Ministério da Saúde e do Governo do Estado. Porém, é importante ressaltar que, por enquanto, nem todo mundo será imunizado. Além da disponibilidade dos imunizantes, os testes feitos até agora não incluíram alguns grupos (estão em fase de testes), como gestantes e menores de 18 anos, e por isso, precauções ou contraindicações serão adotadas temporariamente, até que maiores evidências sejam divulgadas. Além disso, certas condições também impedem a vacinação de algumas pessoas. Como já é recomendado para outras vacinas, quem tiver com febre moderada ou grave não deve ser imunizado, pois os sintomas podem ser confundidos com possíveis efeitos colaterais. Pacientes imunossuprimidos (aqueles que têm redução do seu sistema imunológico) também não podem ser vacinados

 

2 – A vacinação acontecerá ao mesmo tempo para todos os cidadãos?

Não, já que não há disponibilidade de vacinas no mercado mundial. A imunização vai ocorrer de forma gradativa, por fases e prioridades e, de acordo com a disponibilidade da vacina, até atingir toda a população de Engenheiro Beltrão. Os grupos mais expostos ao risco do contágio serão os primeiros a serem vacinados – e assim sucessivamente, conforme Plano Municipal de Vacinação, seguindo o Plano Estadual de Vacinação e Plano Nacional de Operacionalização do Governo Federal

 

3 – Posso escolher qual vacina vou tomar?

Não. A princípio, o Brasil tem duas vacinas aprovadas pela Anvisa e que estão sendo distribuídas até o momento para o município de Engenheiro Beltrão: CoronaVac (Sinovac/Butantan) e AztraZeneca (Oxford/Fiocruz) e são aplicadas aos grupos conforme recebimentos.

Outras estão sendo aprovadas, mas ainda não estão disponíveis para o município de Engenheiro Beltrão. No entanto, no momento da vacinação será aplicado o imunizante que estiver disponível, de acordo com as doses enviadas pelo Ministério da Saúde/Governo do Estado e, não haverá possibilidade de escolha.

 

4 – Posso receber a primeira dose de um laboratório (marca) e a segunda dose de outro laboratório (marca)? Como será esse controle?

Não é recomendado o uso de vacinas diferentes, conforme indicam as bulas dos laboratórios (Butantan e Fiocruz). Portanto, o esquema vacinal deverá ser iniciado e concluído com a mesma vacina.

 

5 – O que fazer se eu esquecer a data da segunda dose?

Segundo estudos, atrasar um dia ou até uma semana não é grave. Mas, se o tempo de atraso for longo demais, todo o protocolo de vacinação deverá ser reiniciado. Portanto, fique atento a data agendada pela Secretaria Municipal de Saúde para sua 2ª dose da vacina. Caso não possa comparecer na data indicada, informa a SMS para nova data.

 

6 – Para quem não é indicada a aplicação da vacina?

Gestantes e menores de 18 anos (mas o limite de faixa etária pode variar de acordo com a vacina que vier a ser aprovada), principalmente. Isso porque ainda não é possível estabelecer uma lista completa de contraindicações, já que o uso aprovado e os ensaios clínicos estão em andamento, bem como os critérios de exclusão.

 

7 – Gestantes, lactantes ou puérperas poderão tomar a vacina?

A segurança e eficácia das vacinas não foram avaliadas nesses grupos, mas estudos em animais não demonstraram risco de malformações. Para as mulheres pertencentes ao grupo de risco, a vacinação poderá ser realizada após avaliação cautelosa dos riscos e benefícios e com decisão compartilhada entre ela e o seu médico prescritor. Para aquelas que forem vacinadas inadvertidamente, cabe ao profissional tranquilizá-las sobre a baixa probabilidade de risco e encaminhar para o acompanhamento pré-natal

 

8 – Faço uso de medicamentos controlados, há alguma contraindicação para tomar a vacina?

A vacina somente é contraindicada às pessoas que têm hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos seus componentes, além daquelas que já apresentaram uma reação alérgica intensa confirmada ao tomar uma dose anterior de uma vacina contra a Covid-19

 

9 – Quem já teve Covid-19 pode se vacinar?

Pode. Não há evidências, até o momento, de qualquer risco com a vacinação de indivíduos com histórico anterior de infecção ou com anticorpo detectável para SARS-COV-2. Além disso, como há casos de reinfecção e mesmo novas variantes do vírus circulando, ainda não existem evidências de que quem pegou a doença já esteja automaticamente imunizado.

 

10 – Tenho sintomas de Covid-19, posso me vacinar?

É melhor esperar. De acordo com o Ministério da Saúde, é improvável que a vacinação de indivíduos infectados, em período de incubação, ou assintomáticos tenha um efeito prejudicial sobre a doença. Porém, recomenda-se o adiamento da vacinação nas pessoas com quadro sugestivo de infecção, para se evitar confusão com outros diagnósticos diferenciais. Como a piora clínica pode ocorrer até duas semanas após a infecção, a vacinação deve ser adiada até a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas.

 

11 – A imunização começa a fazer efeito quanto tempo depois de aplicada a vacina?

Depende de cada vacina, mas em geral, para fazer efeito um imunizante leva no mínimo 3 semanas.

 

12 – Como acontece a vacinação? pessoas de todos os grupos precisam ir ao posto?

Durante a campanha de vacinação, vários formatos de organização do processo de trabalho das equipes podem ser programados com o intuito de vacinar o maior número de pessoas do público-alvo, evitando aglomerações. Na primeira etapa da campanha contra COVID-19, recomendou-se realizar a vacinação dos profissionais de saúde nos próprios locais onde trabalham. Para demais públicos, como os idosos, a Prefeitura organizará estratégias de vacinação diferenciadas, além da oferta do imunizante nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), para o alcance do público-alvo, evitar aglomerações e facilitar o acesso à vacina, como postos fixos e volantes, além do modelo de vacinação nas residências, nos conjuntos e distritos. Consulte as orientações relacionadas nos “locais de vacinação”, no menu do site da Prefeitura Municipal.

 

13 – Demais dúvidas

Em caso de dúvida não exposta nesta aba, tão pouco no site da Prefeitura Municipal de Engenheiro Beltrão, orientamos a entrar em contato via e-mail, ouvidoria fale conosco ou E-SIC e/ou por telefone.

 

 

Vacinar é salvar vidas

Vacina, o futuro no combate ao coronavírus